Domingo, 30 de Julho de 2006

INSTRUMENTOS MUSICAIS DE VÁRIAS TRADIÇÕES - CORDOFONES

Violino
...............................................................................
O violino é um instrumento de cordas cujo som é provocado pela fricção nas cordas por crinas de cavalo, montadas no arco.
O violino para ser tocado é encaixado na zona da clavícula e abaixo do queixo do executante, enquanto o arco é segurado com a outra mão e assim fricciona
as cordas.
Com quatro cordas afinadas com quintas de distância, o violino é um instrumento com quase três séculos, porém os seus antepassados e parentes remontam ao
Séc. IX. Desde o Fiddle (Séc. IX), a viola de Gamba (Séc XI) e mais tarde a lira de braccio e a rebeca que o instrumento tem evoluído, sob várias formas
e afinações, tendo culminado na família hoje conhecida: violino, viola d'arco, violoncelo e contrabaixo.
Uma particularidade destes instrumentos, em comparação com outros instrumentos de cordas, é o facto de não terem trastes a limitarem o comprimento das cordas
enquanto se escolhem as diferentes notas, o que obriga aos seus executantes uma particular exigência e capacidade de afinação - contudo isso também lhe
confere uma elasticidade pouco vulgar noutros instrumentos de cordas.
Como instrumento é muito rico e a sua tradição é vastíssima, desde a musica tradicional Irlandesa á musica clássica percorre uma série de ambientes enriquecendo-os
e dando-lhes o seu toque único.
>
Dulcimer
...............................................................................
Pensa-se que a palavra dulcimer tem origem na palavra grega "dulce", que significa "doce" e na palavra "melos" do latim, que significa música.
A Dulcimer é um instrumento da região dos ìndios Norte-Americanos dos Montes Apalaches, tendo sido provavelmente trazida pelos europeus, a partir do instrumento
alemão "scheitholt", que tem alguma afinidade à Dulcimer Americana, só que tocada com um arco o com os dedos. Este instrumento alemão encontra-se presente
em noutras culturas europeias: na Suécia e na holanda, sobre várias formas.
A Dulcimer dos Montes Apalaches acabou por entrar em declínio, a partir do momento em que as comunidades índias americanas se começaram a dissolver, tendo
sido recuperado pelo interesse de alguns grupos folk. Actualmente estima-se que existem apenas cerca de 1000 instrumentos na sua região natal, tendo entretanto
cada vez maior presença noutras paragens...
O seu aspecto pode variar de acordo com os gostos de cada construtor, embora devam ser respeitadas algumas regras de afinação e construção.
As notas podem ser obtidas com os dedos junto aos trastes, ou a partir do deslizamento de um pedaço de madeira sobre os trastes. Para accionar as cordas
pode-se recorrer a aos dedos, a uma palheta ou a um arco de violino.
Trata-se de um instrumento com excelentes características tímbricas para acompanhamento de voz, sendo relativamente simples de aprender e de, com ele, improvisar
- o que o torna bastante atractivo e ao mesmo tempo muito belo.
A Dulcimer produz uma escala diatónica, possuindo (tal como a guitarra) trastes que apoiam as várias cordas. É tocada com uma palheta, possuindo quatro
cordas, duas das quais limitam-se a emitir o mesmo som (bordões).
-
Mountain Dulcimer Page:
Aprender a tocar e improvisar, dicas para construção, entre outras coisas
>
Sanfona
...............................................................................
A sanfona remonta à Idade Média, acabando por ficar conotada com os pedintes de rua, na sua fase de declínio.
O som é produzido por uma roda - accionada por uma manivela - que fricciona as cordas e assim elas emitem um som ao mesmo tempo estridente e mágico. A melodia
é obtida através de um teclado cromático de duas oitavas, dando ao instrumento uma enorme potencialidade musical.
A Sanfona é constituída por várias cordas, algumas das quais (os "bordões") limitam-se a emitir um som constante (funcionando como pedal) dando corpo ao
som do instrumento.
As restantes são manipuladas pelo teclado (as "cantantes") produzindo as diferentes notas. Muitas sanfonas possuem ainda um bordão que emite um curioso
som de acompanhamento (a "mosca"), produzido quando se roda a alavanca que acciona a roda com um pequeno solavanco.
A sanfona é um instrumento totalmente construído em madeira, com inúmeras peças móveis, justificando assim o seu elevado preço.
Fernando Meireles, dos Realejo, é o único construtor de Sanfonas em Portugal, fazendo instrumentos de excelente
qualidade, os quais são utilizados pelo próprio grupo.
-
 Vasta Informação sobre a Sanfona
Aqui
-
 Fotos, sons e   informação geral sobre a Sanfona
http://www.mhs.mendocino.k12.ca.us/MenComNet/Business/Retail/Larknet/ArtHurdyGurdyAdjustment

 

>
Bouzouki
...............................................................................
O bouzouki é um instrumento muito popular na musica tradicional da Grécia. Com o nome derivado da palavra Turca "Buzuk" não sofreu grandes alterações ao
longo dos séculos.
Foi perseguido no ultimo século por estar associado, erradamente claro, á sociedade criminal na Grécia.
A musica tradicional relacionada com este instrumento - a Rebetika - esteve, de facto, muito tempo ligada ao mundo prisional, resultando da adaptação da
música rural (em geral designado por demotiki) às condições da população urbana vinda do campo e procurando trabalho na cidade.
Embora o bouzouki se tenha transformado no instrumento mais característico da rebetika (proveniente embora da grande família balcânica das tambouras), a
verdade é que a elementar baglama, que ainda hoje está para o bouzouki como a viola para a guitarra no fado, resulta da invenção de um instrumento que
acompanhasse as canções dos presos, mas que tivesse simplicidade e dimensões que permitissem construi-la e escondê-la em prisões onde eram proibidas.
Hoje em dia afirma-se que tocar Bouzuki e conseguir tirar do instrumento "o espelho da nossa alma" é previlégio que só alguns conseguem atingir...
Nos primeiros tempos crê-se que tivessem 3 corda duplas com afinação DAD (Ré-Lá-Ré). Hoje em dia encontram-se bouzukis de 4 cordas duplas com afinação CFAD
(Dó-Ré-Lá-Ré), o que permite fundir muita da técnica de guitarra na tradicional técnica das gerações.
A título de curiosidade, é frequente encontrar o Bouzouki nas formações musicais irlandesas; tratando-se, contudo, de uma transformação do original grego,
importado muito recentemente pelos grupos folk irlandeses.
>
Berimbau
...............................................................................
Os dois tipos de berimbau mais vulgares são o de peito e o de boca, tendo ambos os instrumentos uma enorma capacidade rítmica, através da diversidade de
sons que é possível retirar destes instrumentos.
Berimbau de Peito
O Berimbau de peito é composto por um arco de madeira e um arame de metal em tensão no arco. A caixa de ressonância é uma cabaça vazia presa num estremo
do arco.
É tocado na vertical segurando o arco com uma das mãos e segurando uma pequena pedra com o indicador e polegar fazendo pressão no arame para alterar o som.
O som também é alterado aproximando e afastando a cabaça da barriga. A outra mão percute o arame com um pequeno bambu ou pau (20cm aproximadamente) e segurando
um pequeno caixixi (pequeno instrumento de percussão, normalmente preenchido com sementes).
Berimbau de Boca
O berimbau de boca tem dimensões mais reduzidas e em vez da cabaça, utiliza como caixa de ressonância a própria boca do tocador.
O som deste é semelhante a uma mola e o movimento da língua altera este curioso som.

publicado por tradicional às 18:18
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Jogos a 12 de Maio de 2011 às 16:47
Impecavel este blog, Miguel


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. Concelho de Sernanselho -...

. INSTRUMENTOS MUSICAIS DE ...

. INSTRUMENTOS MUSICAIS DE ...

. Instrumentos Musicais de ...

. GASTRONOMIA - Comer no Po...

. Começos Olímpicos

. COSTUMES E TRADIÇÕES DAS ...

. A MÚSICA, A TRADIÇÃO DESD...

. DOS INSTRUMENTOS MUSICAIS...

. Panorama Músico-Instrumen...

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds